Como utilizar e combinar cores contrastant...

No tema de hoje iremos abordar a questão de como utilizar e combinar cores contrastantes para ambientação de sua casa. A grande maioria das pessoas que busca por um toque de sofisticação em seus ambientes internos possui certo receio de aplicar uma ou mais cores na própria decoração, pois surge a dificuldade de “equilibrar” a cor com o conjunto que compõe um ambiente.

A cor nada mais é do que uma informação inicialmente visual, que pode ser interpretada e até mesmo “sentida” de diferentes formas através do estímulo que ela pode causar independente de como e local em que for aplicada, propondo ideia de movimento, agito, tranquilidade, harmonia entre outras sensações. A cor também elege um estilo, uma tendência, uma inspiração e pode designar o objetivo e função de determinado ambiente. Por este motivo, deve-se tomar o cuidado necessário na hora de aplicá-la para não tornar o ambiente “cansativo”.

A cada ano surgem novas tendências de cores que facilmente podem ser trocadas e adaptadas na decoração. As dúvidas estão em: Como posso combinar as cores? Em que local aplico, na parede, estofados ou objetos? Com estas e inúmeras outras perguntas você se depara na hora de escolher o tom desejado quando decide reconfigurar aquele “cantinho” para receber amigos e próprio bem estar.

Escolher os tons vibrantes é uma ótima forma de levar vivacidade, boas energias, descontração e dinamicidade a um ambiente, porém, não há uma regra clara que se faz necessária para optar entre uma cor ou outra, preserva-se neste caso o bom senso, pois o ajuste de tons e cores pode ser percebido conforme a sensibilidade de cada indivíduo em relação à cor aplicada, onde ele deve escolher a cor que mais lhe agrada e combiná-la preferencialmente seguindo tonalidades da mesma paleta.

Dicas para “vibrar” seu ambiente com o uso da cor:
• Aplicar as cores mais intensas em pequenas proporções em detalhes como em objetos, almofadas, algum móvel que possa ser a peça chave de decoração do seu ambiente (aparador, cristaleira, criado, quadro)
• Cores de destaque devem ser aplicadas preferencialmente em paredes opostas ou perpendiculares à entrada de luz natural para se tornarem ainda mais “vivas”
• Possibilidade de usar várias tonalidades dentro de uma mesma paleta
• Cores mais intensas criam sensação de profundidade em locais pequenos
• Cores mais escuras deixam o ambiente menor criando um clima mais “aconchegante” e intimista
• Cores mais claras iluminam e ampliam o espaço sendo mais fáceis de renovar o décor do seu ambiente assim que desejar
• Utilize bases neutras para equilibrar uma cor vibrante
• A cor não precisa necessariamente seguir uma tendência, poderá ser escolhida através de uma inspiração
• Solte a sua imaginação e comece já a escolher a sua cor!

Mariany Ludwig Lehmkuhl CAU A96853-6

Dados de Perfil:
Profissão: Arquiteta e Urbanista
Formação: Arquitetura e Urbanismo na UNIVALI
Cidade: Balneário Camburiú
Telefone: (47) 9631-2214
E-mail: mary@ecotrat.com.br

Mariany Ludwig Lehmkuhl

Foco em projetos arquitetônicos, condomínios e consultoria.

Fotos

  • Por que usar LED? Isto é uma pergunta que muitas pess...

  • Como utilizar e combinar cores contrastant...