INFORMAÇÃO / Desenvolvimento

image

TROMBUDO CENTRAL: Placa de obra é trocada e prefeitura não justifica paralisação de mais de 45 dias

Em ano em que o município comemora 60 anos moradores da rua São Paulo também comemoram o segundo ano de espera para finalizar a obra de pavimentação que além do atraso contém um -festival- de irregularidades na execução.

A obra de pavimentação no bairro Jalisco está sendo marcada pela descrença da população, e como se não bastasse o atraso e adiamento constante, um o festival de irregularidades contam, como boca de lobo em local indevido, água das chuvas entrando em terrenos de contribuintes, postes de energia elétrica baixos, calçadas irregulares, buracos que insistem em aparecer a cada chuva torrencial, falta de redutor de velocidade.

A obra iniciou em setembro de 2016 com previsão de término em novembro do mesmo ano, na época muito tem se falado em obra eleitoral, alguns tubos foram colocados e então ocorreu à primeira paralisação. Na época o então atual prefeito Silvio Venturi comentou a importância do calçamento "Essa obra vai beneficiar os moradores da Rua São Paulo, carros e pedestres que transitam diariamente pela via, que tem apenas uma parte pavimentada", explica o prefeito Silvio Venturi.

Pela 3ª vez, a prefeitura troca a placa, com isso ela ganha mais um folego para tentar finalizar 274 metros de pavimentação sem precisar utilizar o lei 1971/2017 para justificar. Agora previsto para final de abril deste ano. Dois anos após a licitação que ocorreu em março de 2016.

Uma lei foi sancionada pela prefeita Geovana Gessner a respeito de obras paralisadas, a lei considera obra paralisada quando as atividades estão interrompidas por mais de 45 dias. Neste ano de 2018 às obras iniciaram em Março, mais de 45 dias paralisadas sem movimentação na pista, desde o natal de 2017.

De autoria do vereador Marlon Goede ela obriga o Executivo a colocar placas nas obras públicas municipais que tiveram os trabalhos interrompidos. "Essa placa tem como prioridade identificar o motivo da paralisação da obra, o porquê de estar paralisada e também especificar a aplicação do nosso dinheiro naquela obra pública", explica.

Além da exposição dos motivos da interrupção, deverá conter na placa o telefone do órgão público responsável pela realização da obra e o prazo que permanecerá paralisada. Além disso, as explicações precisam ser prestadas de forma formal aos vereadores. "Nosso papel como vereadores é fiscalizar e por isso, além de informar a população por meio da placa, o órgão público responsável pela obra deverá publicar no site e no mural oficial do município, o relatório detalhado justificando os motivos da paralisação da obra e enviar esse relatório a câmara de vereadores", pontua o vereador autor.

Guia de fotos

Relacionados

EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº 06/2018, PARA DISCUSSÃO DO PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº 06/2018, REFERENTE AO PARCELAMENTO DE SOLO NO MUNICÍPIO DE TROMBUDO CENTRAL. A Câmara Municipal de Trombudo Central, através de sua Mesa Diretora e da Comissão Permanente de Obras, Serviços Públicos e Urbanismo do Poder Legislativo Municipal, em consonância com as atribuições que lhes conferem a Lei Orgânica do Município E Regimento Interno da Câmara Municipal, convocam as entidades civis organizadas do municípi [...]

Discussão e 2°votação do Projeto de Lei n° 30/2018 do Executivo que: DISPÕE SOBRE AS DIRETRIZES PARA A ELABORAÇÃO DA LEI ORÇAMENTÁRIA (LDO) PARA 2019, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS, COM A REDAÇÃO DAS EMENDAS TIPO MODIFICATIVAS DO LEGISLATIVO N° 01,02 E 03/2018 AO PROJETO. Sendo aprovado em segunda votação [...]

Na tarde desta quinta-feira (11) a prefeita, Solange Schlichting (Chica), esteve no 13° Batalhão da Polícia Militar de Santa Catarina, em Rio do Sul, participando da solenidade de entrega de 15 novas viaturas para a região. Os veículos são Fiat, Palio Wekend Adventure, com cela, dispositivo sonoro e luminoso, provenientes do programa Pacto por Santa Catarina, do Governo do Estado. No ato, Chica entregou a chave do veículo ao comandante do Batalhão da Polícia Militar no município de Salete, Sargento Borba. A viatura renova a frota e [...]

O maior baile com chopp do Alto Vale do Itajaí vai ocorrer no segundo sábado de novembro, no Clube de Caça e Tiro Mosquito, em Agronômica. A décima quinta edição do Agrochopp vai ocorrer no dia 10 de novembro, a partir das 22h30, com a animação da Banda Kaso Novo. "Este ano vai ser ainda melhor. Conseguimos escolher uma banda que é sempre muito elogiada e muitos já estão comentando de forma positiva. Isso é muito bom. Agora a nossa meta é vender os ingressos e fazer com que as pessoas possam se divertir bastante no baile", des [...]

Fale conosco