INFORMAÇÃO / Geral

image

Chapa 1 tem mais de 90% de aprovação nas eleições do Sititev

O maior desafio da nova diretoria é manter o sindicato atuante


A Chapa Única que concorreu às eleições do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Têxteis de Rio do Sul e Região (Sititev) realizada na sexta-feira, 9 de março, recebeu 91% de aprovação. Com o resultado, a atual presidente Zeli da Silva se mantém à frente da entidade pelos próximos cinco anos, com 50% da diretoria renovada.

O pleito contou com o auxílio de sindicalistas de todo o estado. "Agradecemos a todos que nos ajudaram no processo eleitoral. Estamos muito satisfeitos com o resultado, pois demonstra que os trabalhadores aprovam o nosso trabalho e ficaram felizes com a composição da chapa que conta com trabalhadores de vários municípios da nossa região e de diferentes empresas. Como presidente reafirmo o meu compromisso em corresponder a este voto de confiança, como sempre fiz.", afirma Zeli.

A nova diretoria quer dar continuidade ao trabalho de luta pelos interesses da classe, com atenção especial às alterações propostas pela Reforma Trabalhista, para que nenhum direito seja perdido. Outro desafio é a manutenção do sindicato, após a desobrigação do pagamento das contribuições sindicais. "Nosso desafio maior é a questão financeira, nos próximos dias vamos iniciar um trabalho para garantir a manutenção dos serviços oferecidos pelo sindicato. Sempre com o apoio da classe trabalhadora, pois só assim teremos autonomia para lutar pelos interesses dos trabalhadores", diz Zeli.

METAS
1 - Ampliar ainda mais o acesso do trabalhador e de sua família à saúde com novos convênios.
2 - O sindicato intensificará a fiscalização das condições de trabalho nas empresas, porque devemos trabalhar para viver e não adoecer.
3 - Denunciar, combater e encaminhar à justiça os casos de assédio moral ou sexual nas indústrias. O ambiente de trabalho não deve trazer sofrimento ou ferir a dignidade dos trabalhadores.
4 - Analisar cada acordo coletivo permitido pela reforma trabalhista, e fiscalizar se estão sendo cumpridos, para que o trabalhador não seja prejudicado.
5- Manter campanhas salariais ativas, pela valorização da classe, para garantir salários dignos, para quem produz as riquezas que movimentam a economia da região.
6 - Ampliar o número de sócios para a manutenção e fortalecimento do Sindicato.
7 - Manter e melhorar os canais de comunicação que informam e tiram dúvidas dos trabalhadores sobre a legislação trabalhista.
8- Organizar os trabalhadores para fortalecer a classe frente ao desmonte dos direitos dos trabalhadores causados pela Reforma Trabalhista.

COMPOSIÇÃO DA CHAPA 1

DIRETORIA EFETIVA
Presidente: Zeli da Silva
Secretária Geral: Maria Aparecida Pereira
Secretário de Finanças e Patrimônio: André Ricardo Pinzegher
Secretário de Formação Sindical: Alexandre José Adriano
Secretária Jurídica e de Negociação Coletiva: Janaina Aparecida Rocha
Secretária da Mulher: Silvia Koch
Secretária da Saúde do Trabalhador: Mary Lucia Venancio
Secretário de Divulgação: Flavio Zacarias

SUPLENTES
Maria Aparecida de Campos
Ana Paula Niquelate
Raquel Ribeiro da Silva
Givanildo Chequeto
Taise Regina Sant"Ana
José de Jesus
Alvaci Pereira
CONSELHO FISCAL
EFETIVOS
Vera Lucia Schafer Miguel, Nelson Meriz, Salete Rozza
SUPLENTES
Irnes Rodrigues e Margarida Vignola
DELEGADOS REPRESENTANTES JUNTO À FEDERAÇÃO
EFETIVOS
Zeli da Silva e Lucilene Regina Skura
SUPLENTES
Margarida Vignola e Solange Maria Rodrigues


Relacionados

ORDEM DO DIA Leitura da ementa do projeto de lei complementar n° 06/2018. Aproveito, então, para informar a todos os presentes que será realizada audiência pública deste projeto de lei complementar, em data que será definida em breve, e será publicada no diário oficial do município, no site da câmara e na página da câmara junto ao facebook, ficando todos os aqui presentes convidados para se fazerem presentes. Ainda, serão encaminhados diversos ofícios convidando a comunidade para participar do ato. Leitura da ement [...]

EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº 04/2018, PARA AVALIAÇÃO DO CUMPRIMENTO DAS METAS FISCAIS DO 2º QUADRIMESTRE/2018. A Câmara Municipal de Trombudo Central, através de sua Mesa Diretora e da Comissão Permanente de Finanças e Orçamento do Poder Legislativo Municipal, em consonância com as atribuições que lhes conferem a Lei Orgânica do Município, o Regimento Interno da Câmara Municipal, e em atendimentos ao Art. 9º, § 4º, da Lei Complementar Federal nº 101/00 de 04/05/2000 (Lei de Responsabilidade Fisc [...]

EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº 05/2018, PARA DISCUSSÃO DA LEI DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS 2019. A Câmara Municipal de Trombudo Central, através de sua Mesa Diretora e da Comissão Permanente de Finanças e Orçamento do Poder Legislativo Municipal, em consonância com as atribuições que lhes conferem a Lei Orgânica do Município, o Regimento Interno da Câmara Municipal, e em atendimentos ao Art. 48, § 1º, inciso I da Lei Complementar Federal nº 101/00 de 04/05/2000 (Lei de Responsabilidade Fiscal), conv [...]

Construção ocorreu através da parceria da Prefeitura com a comunidade A comunidade de Nossa Senhora das Dores, na Toca Grande II, em Rio do Oeste, foi contemplada com um novo espaço para a prática esportiva. Foi inaugurada no fim de semana a Quadra de Futebol Society Dilma Negherbon Catafesta. O terreno pertence à Prefeitura, mas será mantido pelos moradores. "Tinha no local, havia muitos anos, uma escolinha isolada que estava desativada. O Estado doou o imóvel ao município, então decidimos tirar do papel a ideia de construir ali um [...]

Fale conosco