INFORMAÇÃO / Educação

image

Inclusão: Alunos com deficiência recebem atendimento exclusivo na rede municipal de ensino


Cerca de 220 alunos participam de atividades específicas no atendimento educacional especializado

Oito unidades da rede municipal de ensino desenvolvem atendimento específico para alunos que apresentam algum tipo de deficiência em Rio do Sul. Ao todo, 221 alunos do Ensino Fundamental são atendidos. O objetivo é propor a integração e desenvolvimento cognitivo com atividades específicas nas unidades escolares.

O público é formado por alunos do Ensino Fundamental com quadro de autismo, Síndrome de Asperger, deficiência intelectual (leve moderada ou severa), déficit intelectual (deficiência leve), baixa visão, deficiência auditiva e transtornos como Opositor-Desafiador (TOD), déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) e dislexia. Na educação infantil a maioria dos alunos apresenta atraso do desenvolvimento neuropsicomotor e deficiência física.

As salas de recursos são utilizadas com objetivo de "elaborar, suplementar e complementar as questões de desenvolvimento cognitivo e neurobiológico da crianças. Enfatizo que não é reforço escolar", pontua a professora de Educação Especial, Edycleya Silvério. "Os espaços são ambientes dotados de equipamentos, mobiliários e material pedagógico para promover a participação e aprendizagem dos alunos no ensino regular", completa a educadora.

A rede municipal de ensino é composta por 221 alunos com laudo com todos os tipos de deficiência atendidos nas oito salas de recursos cadastradas pelo Ministério da Educação (MEC): Ella Kurth, Aníbal de Barba, Roberto Machado, Pedro dos Santos, Ricardo Marchi, Ceplas, Willy Schleumer e Sebastião Back. Na rede há 10 servidores para atendimento das oito escolas com turmas do 1º ao 9º ano.

Educação integradora
Para Edycleya, "o profissional de educação especial dentro do ensino regular é um mediador em todas as áreas. É este profissional que realiza o elo entre a unidade de ensino e a família do aluno, quem faz a ponte entre o professor e conteúdo. Além da conexão entre família e sociedade".

A secretária de Educação, Janara Mafra, destaca "que a educação é uma atividade que traz crescimento cognitivo e oportuniza o desenvolvimento humano. E a rede pública de ensino está atenta à comunidade com deficiência. O ambiente educacional tem o dever de acolher todos. As atividades desenvolvidas pelo atendimento especializado desenvolvem e estimulam esta parcela de alunos. Dessa forma, enxergamos a educação como função que agrega toda a população estudantil de Rio do Sul".

Na lista de atividades práticas consta: oficina de pipas, slackline (equilíbrio em cordas), práticas sensoriais com bolas de pilates, dentre outras. O atendimento educacional especializado (AEE) ocorre de forma individual ou em pequenos grupos, uma a duas vezes por semana, com prioridade no contraturno.

Relacionados

Alunos das duas Escolas Modelo de Rio do Sul que participam de um curso de robótica oferecido pelo Sesi estarão envolvidos a partir desta quinta-feira no Festival de Educação, Tecnologia e Inovação. Promovido pelo próprio Sesi até sábado, o evento vai reunir representantes de todo o Estado em atividades educativas e que envolvem a tecnologia e a inovação. Os alunos passaram por dois meses de aprendizado para cumprir tarefas neste evento. Será realizada uma competição de robótica, além de outras missões que envolvam a inovaç [...]

Ibirama recebe neste fim de semana, mais de 300 ciclistas de diversas cidades de Santa Catarina, para participar do 2º Desafio de Mountain Bike Vale de Aventuras. O objetivo do desafio é permitir que todos os competidores possam concluir a prova, superando seus limites. Para isso, a organização teve um cuidado especial na definição do trajeto, o que contou com o apoio do atleta de Downhill de Ibirama, Lucas Borba. De acordo com Angélica Krieser, uma das organizadoras do evento, o percurso pode ser pecorrido por qualquer competidor, com [...]

A Secretaria Municipal de Saúde promoverá uma ação de prevenção no próximo dia 27 direcionada às mulheres, em alusão ao "Outubro Rosa". Está sendo preparada uma palestra com a psicóloga Indianara Pandini com o tema "Saúde da Mulher: Prevenção". O evento será realizado no Salão Paroquial da Igreja Matriz de Rio do Campo a partir das 14h. No dia haverá sorteio de brindes e café da tarde gratuito. No mesmo dia, das 8h às 12h, a Unidade Básica de Saúde do Centro estará aberta para coleta de exames preventivos, testes rápido [...]

Com entrada gratuita e aberto ao público em geral, a 4ª Mostra Cultural de Salete valorizou a produção da cultura local. O evento foi realizado entre os dias 10 a 12 de outubro e contou com mostra de cinema, apresentações de teatro, canto, música instrumental e dança. Toda a programação que contemplou as diferentes manifestações culturais foi sediada nas dependências do Salão Paroquial da Igreja Matriz, no Centro. A organização estima que mais de 500 pessoas, entre artistas e público, acompanharam os três dias de [...]

Fale conosco