INFORMAÇÃO / Política

image

Dizer que estatais brasileiras estão sendo vendidas a preço de banana é judiar da banana, afirma Dre


Deputado criticou uso do BNDES para financiar privatizações pelo governo Temer

Ao comentar o cancelamento do Fundam 2, programa do governo do Estado para fomentar o desenvolvimento dos municípios, por falta de recursos, o deputado estadual Dirceu Dresch (PT) disse nesta quarta-feira (08), na tribuna da Alesc, que mudou a estratégia do BNDES do governo Dilma para o governo Temer. Segundo ele, no governo petista o direcionamento dos recursos era para a área social e direcionado também para as cidades, como foi na primeira edição do Fundam. "Agora a ideia é concentrar, o BNDES vai financiar todo o processo lamentável e criminoso de privatização no Brasil, como é o caso da Eletrobras. Vai emprestar dinheiro para as multinacionais comprarem as nossas empresas a preço, não dá nem para dizer que é de banana, porque seria judiar da banana", ironizou.

No dia anterior, Dresch participou, na Alesc, de audiência sobre o processo de privatização da Eletrobrás e destacou que os valores do sistema, avaliados por especialistas, foram de mais de R$ 400 bilhões, mas querem entregá-lo a R$ 12 bilhões. "O Governo Temer quer privatizar até o final do mandato a segunda maior estatal brasileira, sem leilão", disparou. A ideia é abrir uma chamada de capital e a União, que hoje controla a empresa com 53,9% das ações, não deve fazer a subscrição. "Um governo impopular, sem credibilidade vai entregar a Eletrobrás para o grande capital internacional para ganhar uns trocados e quer pagar a dívida pública?", questionou.

"Porque entregar um setor tão estratégico da economia se nem os EUA, que são os grandes projetores do neoliberalismo e do capitalismo no mundo, o fizeram?" Segundo Dresch, o insumo é importante para a competitividade das empresas e o governo tem controle, podendo conceder subsídios, como atualmente no caso da agricultura familiar. "Especialistas afirmam que haverá um aumento de até 40% na conta de luz", avisou. Dresch disse que vai continuar a mobilização junto aos 16 deputados federais catarinenses para que votem contra esse processo que inicia o debate hoje em Brasília.

Relacionados

Ruas da Vila Nova e Fundo Gabiroba também serão beneficiadas Com o objetivo de oferecer mais qualidade de vida à população, a Prefeitura de Rio do Oeste investe recursos próprios em obras de saneamento básica. Nesta semana, três ruas da área central da cidade estão sendo contempladas. Uma equipe da Secretaria de Serviços Urbanos trabalha na colocação de tubos de 30 centímetros de diâmetro na rua Francisco Russi, do bairro Bela Vista. O projeto prevê a construção da estrutura em um trecho de 100 metros. O mesmo serviço ocor [...]

A Secretaria de Educação, Cultura e Desporto reuniu na tarde de terça-feira (14) as diretoras das unidades escolares da rede municipal de ensino. O encontro ocorreu na Prefeitura e visou buscar uma comunicação integrada, aberta ao diálogo, com sugestões das profissionais. Na fala a secretária de educação, Joana Demori, destacou projetos e ações que estão na pauta para serem desenvolvidos nas unidades, capacitações, oficina pedagógica, Desfile Cívico de 7 de Setembro, dentre outros assuntos. "Buscamos sempre conve [...]

As brincadeiras mexem com o imaginário, auxiliam no desenvolvimento e no crescimento das crianças. Pensando nisso, uma nova ação da Administração Municipal de Salete coloriu a frente de unidades escolares e partes da Praça Raimundo Tamanini, ao lado da Prefeitura. Pintada no chão da calçada ou no pátio da Praça, as amarelinhas agora encantam e divertem a criançada. O jogo é um desafio de equilíbrio que te leva do início da figura para o término, que é o céu. Joga, pula, agacha e pega a pedrinha. Tudo isso sem pis [...]

A Prefeitura de Ibirama, por meio da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes, comemora o sucesso do "A gosto da Leitura" 2018 - a 3ª Feira Municipal do Livro. Mais de 2.500 pessoas prestigiaram o evento, realizado entre os dias 8 e 10 de agosto, na sede da Comunidade Luterana do Centro. Segundo o diretor municipal de Cultura, Gregory Kietzer, a comissão organizadora ficou muito satisfeita com a adesão do público, que foi formado principalmente por estudantes. Houve a participação de todas as unidades escolares da rede de ensino l [...]

Fale conosco