INFORMAÇÃO / Tecnologia

image

Cuidado com o plágio


Reprodução indevida de criações artísticas, literárias ou científicas configura violação de direito autoral.

Direito autoral é um conjunto de privilégios conferidos pela Lei n. 9.610/98 à pessoa criadora da obra intelectual, para que ela possa gozar dos benefícios morais e patrimoniais quanto a exploração de suas criações. A Lei de direito autoral protege as relações entre o criador e quem utiliza suas criações artísticas.

Embora não haja uma obrigatoriedade de registro para uma obra intelectual, o registro junto a Fundação Biblioteca Nacional, escritório de Direitos Autorais, Escola de Belas Artes ou Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (ECAD), é prova do início da autoria e/ou demonstrar quem a declarou a autoria primeiro publicamente.

Ocorre que atualmente com a internet, tornou-se muito fácil o acesso a criações artísticas, literárias ou científicas, como textos, livros, imagens, músicas, fotografias etc e com isso, ocorre com frequência a violação dos direitos autorais.

Segundo a advogada e técnica em Propriedade Industrial da Cerumar, Vivian Klehm Müller, "a violação aos direitos autorais só é configurada quando há evidencias de que o terceiro tem a intenção de reproduzir uma obra sem a autorização expressa do autor visando obter proveito econômico. O exemplo clássico de não violação de direito autoral é de quando uma pessoa faz uma seleção de músicas para uso pessoal, para tocar no carro, por exemplo. Contudo, a partir do momento ela comercializa essa seleção de músicas, fica caracterizada a violação", explica.

As sanções quando da ocorrência de violação de direito autoral, estão previstas no Código Penal, Constituição Federal, Estatuto do Ecad, Decreto 8.469/15, além da Lei 9610/98.

Relacionados

Nesta terça-feira (12), o prefeito Oscar Gutz, o secretário de Planejamento Lenon Serpa Damazio, o gestor de convênios Emerson Francisco de Sousa e o engenheiro civil Tiago Francisco Comper estiveram em Blumenau para duas reuniões com a Caixa Econômica Federal. ões que a Caixa Econômica solicitou nos projetos do Programa Avançar Cidades das Ruas Prefeito Osni Gomes, Eugênio Schneider, Jenny Schneider, Castelo Branco e Prefeito Querino Ferrari. O engenheiro da Associação dos Municípios do Alto Vale do Itajaí (Amavi), Ariel André [...]

Estão abertas as inscrições para as escolinhas da Fundação Municipal de Desportos (FMD) de Rio do Sul. As atividades são abertas para crianças, jovens, adultos, terceira idade e pessoas com deficiência, com turmas pela manhã, tarde e noite. A inscrição é gratuita, assim como os treinos realizados pelos profissionais da FMD. Não há limite de inscritos para as modalidades individuais e coletivas. As escolinhas acontecem nas seguintes modalidades: atletismo, basquete, bicicross, ciclismo, bolão 23, futebol, futsal, handebol, judô [...]

Os estudantes universitários que utilizam o transporte escolar fornecido pelo município, devem estar atentos ao prazo de validade do documento que autoriza o uso do serviço. A renovação deve ser feita a cada dois anos. Quem estiver com o documento vencido deve procurar a Secretaria de Educação de Ibirama até o dia 19 de março, portando uma foto 3X4, cópias dos documentos pessoais, comprovante de residência e atestado de matrícula ou de frequencia atualizado. Após esta data, serão confeccionados apenas as carteirinhas para alunos [...]

Deputado define como exagerado o repasse de quase 12% ao banco, para a execução e fiscalização de convênios financiados com emendas Em Brasília, o deputado Rogério Peninha Mendonça (MDB/SC) denunciou, nesta quarta-feira (13), a alta taxa cobrada pela Caixa Econômica Federal para a execução e fiscalização de convênios financiados com emendas parlamentares. Em alguns casos, o valor cobrado pelo banco pode chegar até 11,94% do total destinado. "Os recursos já são escassos, é uma dificuldade muito grande para conseguirmos, e d [...]

Fale conosco