INFORMAÇÃO / Saúde

image

Unidade de oncologia completa um ano de funcionamento


O próximo passo é a aquisição de aparelho que permite diagnosticar precocemente o câncer

O desafio da Fundação de Saúde do Alto Vale do Itajaí (Fusavi) para 2019 é a aquisição do "Pet Can", aparelho que permite diagnosticar precocemente o câncer, verificando o desenvolvimento do tumor e se existe metástase. O anúncio foi feito pelo presidente da instituição, Giovani Nascimento, nesta quarta-feira (6), durante ato que marcou o primeiro ano de funcionamento da unidade de oncologia do Hospital Regional Alto Vale, de Rio do Sul. Até então os pacientes dos 28 municípios da região eram obrigados a se deslocar a Lages, Blumenau ou Florianópolis para fazer o procedimento de quimioterapia, enfrentando até quatro horas de viagem.

Nascimento disse que o maior o problema é a questão financeira. O aparelho é importado e custa em torno de 2,4 milhões de dólares. "A nossa expectativa é conseguir parte deste valor nas emendas da banca de Santa Catarina na Câmara dos Deputados e no Senado". A diretoria da Fusavi está aguardando a marcação da próxima reunião do Fórum Parlamentar Catarinense, em Brasília, para fazer a exposição de motivos. O setor que vai abrigar o aparelho já está pronto. "Quando da construção da unidade de oncologia já preparamos para fazer um trabalho único", assinalou.

A enfermeira Agata Valmorbida, que coordena a unidade, explicou que antes da consulta em Rio do Sul o paciente faz biópsia em seu município de origem e se der positivo são encaminhados. "Somente em janeiro deste ano foram 380 atendimentos, com média de 270 quimioterapias". Os tipos mais comuns são de mama, próstata e pulmão, não fugindo a regra no Brasil. Ao final da fase considerada mais difícil, que é a quimioterapia, os pacientes são convidados a bater o sino, uma ação de humanização, inspirada em outros hospitais brasileiros.

Relacionados

EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº 03/2019, PARA AVALIAÇÃO DO CUMPRIMENTO DAS METAS FISCAIS DO 1º QUADRIMESTRE/2019. A Câmara Municipal de Trombudo Central, através de sua Mesa Diretora e da Comissão Permanente de Finanças e Orçamento do Poder Legislativo Municipal, em consonância com as atribuições que lhes conferem a Lei Orgânica do Município, o Regimento Interno da Câmara Municipal, e em atendimentos ao Art. 9º, § 4º, da Lei Complementar Federal nº 101/00 de 04/05/2000 (Lei de Responsabilidade Fiscal), con [...]

A Câmara de Vereadores recebeu mais uma reunião ordinária nesta semana (segunda). Desta vez os vereadores estiveram reunidos e aprovaram "AS CONTAS DO EXERCÍCIO DE 2017, DO MUNICÍPIO DE TROMBUDO CENTRAL, SANTA CATARINA". Esta foi a reunião da terceira sessão legislativa, da décima quinta legislatura. Dentro das explicações pessoais o vereador Jean Carlo Damásio agradeceu as doações feitas no sábado (11) durante o pedágio para a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae). Foram arrecadados cerca de R$10 mil para a [...]

A professora de Robótica e Educação Tecnológica do Colégio Sinodal Ruy Barbosa, Julia Vieira, foi convidada para atuar como juíza na etapa internacional do torneio de robótica - para crianças e jovens entre 9 e 15 anos. O evento será realizado entre os dias 29 de maio e 2 junho, em Montevidéu, no Uruguai. Os participantes precisarão construir robôs para cumprir missões, desenvolver valores e realizar uma pesquisa relacionada ao tema. "Fiquei muito feliz com o convite. É uma alegria aprender, ensinar e ver o despertar da curios [...]

A Câmara de Vereadores de Trombudo Central esteve mais uma vez reunida no mês de maio. Desta vez o encontro aconteceu na segunda-feira (20). Os vereadores estiveram reunidos na terceira sessão legislativa, da décima quinta legislatura. O grupo aprovou quatro projetos de Lei e encaminhou mais quatro para as comissões permanentes. O vereador Jean Carlo Damásio, depois de receber reclamações de alguns moradores, solicitou melhorias em alguns trechos de calçada e a instalação de guarda-corpo na Rua Nereu Ramos, no bairro Vila Nova. Al [...]

Fale conosco