INFORMAÇÃO / Saúde

image

Unidade de oncologia completa um ano de funcionamento


O próximo passo é a aquisição de aparelho que permite diagnosticar precocemente o câncer

O desafio da Fundação de Saúde do Alto Vale do Itajaí (Fusavi) para 2019 é a aquisição do "Pet Can", aparelho que permite diagnosticar precocemente o câncer, verificando o desenvolvimento do tumor e se existe metástase. O anúncio foi feito pelo presidente da instituição, Giovani Nascimento, nesta quarta-feira (6), durante ato que marcou o primeiro ano de funcionamento da unidade de oncologia do Hospital Regional Alto Vale, de Rio do Sul. Até então os pacientes dos 28 municípios da região eram obrigados a se deslocar a Lages, Blumenau ou Florianópolis para fazer o procedimento de quimioterapia, enfrentando até quatro horas de viagem.

Nascimento disse que o maior o problema é a questão financeira. O aparelho é importado e custa em torno de 2,4 milhões de dólares. "A nossa expectativa é conseguir parte deste valor nas emendas da banca de Santa Catarina na Câmara dos Deputados e no Senado". A diretoria da Fusavi está aguardando a marcação da próxima reunião do Fórum Parlamentar Catarinense, em Brasília, para fazer a exposição de motivos. O setor que vai abrigar o aparelho já está pronto. "Quando da construção da unidade de oncologia já preparamos para fazer um trabalho único", assinalou.

A enfermeira Agata Valmorbida, que coordena a unidade, explicou que antes da consulta em Rio do Sul o paciente faz biópsia em seu município de origem e se der positivo são encaminhados. "Somente em janeiro deste ano foram 380 atendimentos, com média de 270 quimioterapias". Os tipos mais comuns são de mama, próstata e pulmão, não fugindo a regra no Brasil. Ao final da fase considerada mais difícil, que é a quimioterapia, os pacientes são convidados a bater o sino, uma ação de humanização, inspirada em outros hospitais brasileiros.

Relacionados

A realeza da Festa Nacional da Cebola, em Ituporanga, visitou a Câmara de Vereadores de Trombudo Central. A rainha Alessandra Kuster e as princesas Andreia Hasse Padilha e Marilia Stank fizeram um convite aos vereadores. O evento será realizado entre os dias 4 e 7 de abril. A Festa Nacional da Cebola já está consolidada como a maior festa agrícola de Santa Catarina e chega em sua 25ª edição com muitas novidades. Shows nacionais, feiras, exposições, entretenimento, gastronomia, desfile de máquinas agrícolas, seminário da cebola e [...]

Sérgio Luis Schlatter Júnior ocupou a "Tribuna do Povo", na reunião da Câmara de Vereadores de Trombudo Central. Ele apresentou alguns estudos sócio-econômicos sobre o município. Destaque para o nível de escolaridade do nosso município. Apenas 7% dos adultos tem ensino superior completo - abaixo da média nacional. Além disso, as pesquisas também mostraram que muitos jovens estão deixando a cidade para buscar novas oportunidades de emprego. [...]

Uma moção, de autoria do vereador Jean Damásio, foi aprovada e deverá ser assinada por todos os vereadores. O documento pede um estudo do Dnit. O objetivo é buscar melhorias no acesso ao município de Trombudo Central, na rodovia BR-470. O desligamento das lombadas eletrônicas no local também preocupa e pode ocasionar novos acidentes no trecho. [...]

O vereador Marlon Goede ocupou a tribuna nesta semana, durante a reunião realizada na segunda, para informar que deverá conseguir a liberação de R$ 100 mil. O valor é referente a emenda do atual senador Esperidião Amin. O pedido foi feito junto com o vereador Fábio Ramos. A quantia deverá ser direcionada ao setor de Agricultura do município. [...]

Fale conosco